Marca Coliseu Porto
Image

O processo criativo desenvolvido para a identidade visual do Coliseu Porto resultou de um briefing que tinha como base três pressupostos fundamentais:


1. A criação de uma marca que aproximasse todos os públicos do Coliseu e que com eles desenvolvesse uma relação de afinidade;


2. A necessidade de enquadrar e harmonizar numa só linguagem todos os espetáculos apresentados no Coliseu, independentemente do género artístico ou do tipo de programação;


3. Ter como influência, direta ou indireta, as características mais marcantes do edifício do Coliseu Porto, tendo em consideração o seu impacto visual e a sua presença histórica na cidade.


Em resposta ao desafio, foi feito um trabalho de observação sobre a imagem que a cidade tem do Coliseu e a imagem que o Coliseu tem de si próprio, hoje e no princípio. Palavras como modernidade, modernismo, grandiosidade, música, entretenimento, espetáculo ou personalidade, foram surgindo como uma evidência, tornando clara a indicação de que o conceito de comunicação do Coliseu Porto teria de incluir a imagética associada ao mundo do espetáculo. Ao mesmo tempo, a marca deveria ser simples, contemporânea, transversal e dotada de uma longevidade que a tornasse resistente à passagem do tempo. Na reflexão sobre a inclusão de traços do edifício, o exterior foi representado pelo icónico néon da fachada, e o interior pela disposição da sala em círculo, um coliseu.


No processo de rebranding da marca, também o nome foi pensado sob os olhos de hoje. De Coliseu do Porto chegámos a Coliseu Porto, sendo a palavra Porto um adjetivo que inclui todos os que vivem, trabalham e visitam o Porto e não apenas caracterizando a instituição como mais uma das entidades da cidade da área da cultura e da animação. A omissão da palavra “do” vem reforçar a ideia de que quando falamos de Coliseu falamos de Porto. Da cidade, do que é nosso sem ser preciso dizer que o é.

Parceiros Institucionais

Image
Image
Image

Apoio

Image